MIORRELAXANTES

 

 

Os relaxantes musculares podem ajudar a reduzir a dor nos pacientes com fibromialgia por reduzir as contrações e espasmos musculares além de reduzir a habilidade do cérebro detectar a dor, facilitando o relaxamento muscular.

 

  Baclofeno: Miorrelaxante com efeito antineurálgico, é utilizado para o tratamento de dor, rigidez ou espasmo muscular, mal de Parkinson, neuralgia do trigêmeo e outras dores neuropáticas.

Efeitos Colaterais: Sonolência, tontura, fraqueza, cefaléia, constipação, visão nublada, etc.

Nomes Comerciais: Baclofen, Baclon, Lioresal, etc.

 

  Carisoprodol: Normalmente associado ao paracetamol, à cafeína ou ao diclofenaco, é um relaxante muscular de ação central com efeito ansiolítico. Na fibromialgia é usado quando se necessita reduzir os espasmos musculares.

Efeitos Colaterais: Sonolência, tontura, depressão, visão nublada, soluço, insônia, etc.

Nomes Comerciais: Tandene (contém apenas carisoprodol).

 

  Ciclobenzaprina: É um miorrelaxante de ação central. Apresenta efeito de relaxamento muscular e sedativo e é utilizada para abaixar os níveis de dor, melhorar a rigidez, o sono e reduzir o nível de pontos dolorosos.  Funciona bem para a fibromialgia.

Efeitos Colaterais: Sonolência, tontura, boca seca, gosto ruim na boca, sudorese, etc. O Uso prolongado pode acarretar aumento de peso.

Nomes Comerciais: Miosan e Mirtax.

 

  Orfenadrina: Relaxante muscular de ação central, com propriedade antihistamínica, noradrenérgica e serotoninérgica. Atua na redução da dor muscular, funciona bem para a fibromialgia e é considerado mais efetivo que a Ciclobenzeprina em função de apresentar maior segurança ao uso prolongado.

Efeitos Colaterais: Sonolência, tontura, dor de cabeça, tremor, visão nublada, boca seca, etc.

Nomes Comerciais: Flexdor e Nevralgex.

 

  Tizanidina: Atua no sistema nervoso central aumentando os níveis de Noradrenalina e a conseqüente diminuição dos níveis de substância P. Em doses baixas pode atuar como coadjuvante do tratamento da fibromialgia pois reduz os espasmos musculares e as mioclonias.

Efeitos Colaterais: Não oferece segurança quando usada em doses elevadas. Outros efeitos são sonolência, tontura, fraqueza, boca seca, sudorese, sedação, entre outros.

Nomes Comerciais: Sirdalud

VOLTAR                                                                            TOPO